SINDSEP DE QUIXADÁ E REGIÃO saúda a história de Chico Hermínio


Francisco Ribeiro Nunes, mais conhecido como Chico Ermínio, nasceu ao dezoito dias do mês de julho de 1926, na cidade de Quixadá, estado do Ceará.



Começou trabalhar muito cedo, aos dez anos de idade, para ajudar o seu pai a dar sustento aos seus outros irmãos. Por isso, Francisco Ribeiro Nunes, não pôde se dedicar totalmente aos seus estudos na infância. Apesar das dificuldades, deu importantes passos em seu processo de alfabetização, sendo seu primeiro lugar de aprendizagem, a Escola João Araújo Torres, na localidade de Junco, no distrito de Custódio, em Quixadá.

A história de Francisco Ribeiro Nunes, sempre foi marcada pela luta do campo, pela resistência aos infortúnios de uma conjuntura que relegava o trabalhador rural a um lugar marginal onde a exclusão era o destino certo, o futuro mais próximo.

Hoje, ele recebe esta justa homenagem, porque fez da sua vida uma bandeira permanente na busca pelo lugar de direito dos trabalhadores e trabalhadoras rurais. Sua militância pelos caminhos da Terra sempre foi marcada de muitas dificuldades, mas também de muitas vitórias, o que marca a história de Chico Ermínio como ponto de referência para a classe trabalhadora da Região do Sertão Central.

Sempre muito compromissado, buscando inteirar-se das discussões do meio sindical, Francisco Ribeiro Nunes, participou de importantes congressos da Central Única dos Trabalhadores nas cidades de Fortaleza e em Belo Horizonte.

Chico Ermínio sempre dedicou sua vida ao movimento dos trabalhadores e trabalhadoras rurais e muitas das conquistas que este segmento sindical têm, devem-se ao seu empenho e dedicação.

O egoísmo desenfreado do patronato rural em subjugar os trabalhadores rurais a um regime de escravidão no trabalho com a terra, fez com que ele buscasse no movimento sindical, um escape e um apoio para elaborar a necessária defesa dos seus direitos.

Em sua trajetória pelo mundo dos rurais, participou da Diretoria do Sindicato dos Rurais de Quixadá e logo depois do Sindicato dos Rurais de Ibaretama, restringindo sempre suas ações a ajudar os associados e associadas locais. Nesta caminhada da construção de uma nova relação com a terra, enfrentou muitas perseguições de patrões descompromissados com o trabalhador, perseguição da Polícia Militar e até do Exército, tentando impedir a continuação de sua luta. Mesmo com todo esse cenário antagônico, a luta dos trabalhadores vem consolidando a Aposentadoria Rural e a construção do modelo democrático de Reforma Agrária que todo homem e mulher do campo merecem.

Dentro do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Quixadá, Chico Ermínio fez parte do primeiro Conselho Fiscal. Nisso, sua relação com outras entidades como o SINDSEP foi uma constante.

Atualmente, Francisco Ribeiro Nunes, mora na Serra do Padre, Custódio, zona rural de Quixadá. Tem 04 filhos e 01 filha. É casado com dona Francisca Lucimar Nunes.

A consolidação dos valores, dos direitos mais básicos advindos da força do trabalho sempre permeou toda a trajetória desse bravo trabalhador rural. Seu exemplo de resistência e sobriedade diante dos desafios pauta a caminhada dos novos trabalhadores e trabalhadoras rurais.

NA 2ª EDIÇÃO DA COMENDA JACINTO DE SOUSA, realizado pelo SINDSEP em 2007, a entidade homenageou a esse grande companheiro mediante sua contribuição à história da Classe Trabalhadora

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco