Uma mensagem para Quem Está começando um Novo Tempo!


O velho tempo já desapareceu no horizonte de uma história escrita por muitas mãos... e vejo nos portais e muros das moradas das estações costumeiras do tempo presente as marcas digitais de indesistíveis homens e mulheres que num tempo desistiram de tentar e noutro tempo desistiram de desistir...

Mas sabe de uma coisa? Ao passo que guardo na memória o que se passou e não acomodo isso em mim em mágoas mas em velo, percebo-me à janela de um novo tempo e assim, minha alma já desenha novas estradas para uma nova travessia... meus olhos começam então a vislumbrar uma jornada nova... uma possibilidade de vencer de novo e pode até ser pelo mesmo caminho mas como eu me renovo sempre e sempre, essa mesma caminhada de conhecidas nuances, trilharei de um jeito novo, tentando de novo, acertando de novo ainda que novamente errando, quem sabe...

O mais importante mesmo é que O NOVO TEMPO já é real... real em mim, em você, em nós... e diante de um mundo novo, ainda em segredo no meu coração, já posso sentir, como em dores de parto já quase a nascer, as muitas metas traçadas... começo já a objetivar os meios possíveis e impossíveis para empreender uma implacável perseguição à Felicidade...

Minhas mãos começam a determinar o muito que vou tocar, realinhar, acolher, perder, ganhar, reaprender, renovar... meus olhos já visualizam as muitas lutas, todas elas muito nobres... algumas delas invencíveis, outras, necessitam de mais gente, tipo aquelas que não desistem nunca, para fortalecer as fileiras dos indesistíveis...

Nesse NOVO TEMPO, existe um caminho a percorrer... uma palavra abissal para reafirmar... uma luz global a acender... pessoas indesejáveis para amar... tudo isso faz parte da ação viva de quem começou uma caminhada.

E pelos passos dados, solitário ou em multidão, não há necessidade de voltar. Só precisamos continuar as pegadas e para essa tarefa contamos com a Graça Divina de começar e terminar bem as trilhas devidas a cada um, a cada uma.

Existe uma ordem universal sobre nós: não desista, não pare de crer, não pare de lutar, pois os sonhos realmente nobres jamais vão morrer. Eis, posto, para mim e para você, o Decreto da Indesistência.


Mensagem oferecida aos/às Presentes à Festa de Confraternização da Família SINDSEP em 06 de janeiro de 2011, Balneário, Quixadá (CE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco