Como nasce uma Liderança


Em cada edição da Comenda Jacinto de Sousa, que acontece anualmente na Festa da Família SINDSEP, e  que neste ano chegou a sua 6ª edição, o objetivo da entidade é a de celebrar a memória daqueles e daquelas que dedicaram sua vida à construção de uma sociedade mais humana e mais fortalecida a partir da força do trabalho.

Cada trajetória evidenciada como a de João Américo da Costa (líder rural), Maria Estelita de Oliveira Silva (servidora municipal) e Padre Francisco Eudásio Nobre da Silveira (Líder religioso), homenageados com a Comenda em 2011, é uma oportunidade de «provocar» homens e mulheres para assumirem seus papéis de lideranças da Classe Trabalhadora.


Precisamos honrar a memória de quem já contribuiu mas necessitamos de que novas lideranças surjam para continuarem impactando a conjuntura atual e a futura com vistas à continuidade das nossas lutas e das nossas conquistas. Momentos como esse além de entretenimento e comunhão não pode prescindir da reflexão individual e coletiva, da decisão como pessoa humana que não abre mão do chamado à militância sindical. Mais do que sondar como nasce uma liderança como uma mera indagação possível, é preciso viver o cotidiano sindical com suas falas e imagens, com seus sons e ruídos, com suas formas e estratégias.


É urgente que todas e todos que participamos da festa no palco não nos esqueçamos da necessária luta das ruas, das mesas de negociação, das blitz que panfletam sobre os  direitos iguais, das mãos dadas contra a opressão e das cabeças erguidas rumo a uma nova estação para a militância sindical. Essa estação já chegou! Qual sua resposta à Classe Trabalhadora?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco