Candidatos/a a Vereador/a e a Prefeito/a fazem adesão à Plataforma do SINDSEP de Quixadá e Região


Neste início do Século XXI estamos contemplando muitas transformações ao redor do Mundo. Enquanto no Oriente Médio assistimos as ações avassaladoras de intolerância e desprestígio para com a vida humana e as instituições políticas, na América Latina há vislumbres de um fortalecimento das instituições democráticas e de preferência pela manutenção da vida em todas as suas nuances. 

Desse modo, surgem nos diálogos sociais algumas palavras que parecem definir muito bem o que estamos vivendo e que mais parecem palavras de ordem. É assim que SUSTENTABILIDADE está para os movimentos civis e governamentais assim como TRABALHO DECENTE está para o Movimento Sindical. É nesse último autômato do discurso em que nos expressamos mais fortemente. 

E a demonstração palpável disso foi a apresentação da PLATAFORMA SINDICAL - Eleições Municipais 2012: por um Município Decente e Democrático, na última sexta-feira, dia 24 de Agosto de 2012, em Quixadá, onde a Categoria de Municipais do citado município bem como de Ibaretama, Banabuiu, Choró e Ibicuitinga além de autoridades políticas e candidatos/a a Prefeito e a Vereador/a atenderam a convocação do SINDSEP conheceram as principais diretrizes daquilo que configura a síntese da agenda de reivindicação dos/as Municipais nesse momento de debate com vistas á renovação das Câmaras Municipais e do Poder Executivo.

O QUE É A PLATAFORMA SINDICAL

É um instrumento aprovado pela CONFETAM (Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Brasil) que dialoga com as Resoluções da Plataforma Nacional da CUT e da FETAMCE bem como a partir de contribuições de organismos internacionais como a OIT (Organização Internacional do Trabalho) e a ONU (Organização das Nações Unidas), buscando assim, enraizar a estratégia do SINDSEP de Quixadá e Região com vistas a participar do processo eleitoral 2012, de maneira autônoma e combativa.


O PORQUÊ DA CONVOCAÇÃO DOS/AS CANDIDATOS/AS



De acordo com a Presidenta do SINDSEP Professora Neiva Esteves (Especialista em Direitos Sociais),  a capacidade do/a próximo/a gestor/a de Quixadá, Ibaretama, Banabuiu, Choró e Ibicuitinga em assimilar, tornar a Plataforma Sindical em política pública e dessa maneira, respeitar a Liberdade e a Autonomia Sindical, representa de fato, que o Poder Executivo e a Câmara Municipal romperá com o passado e avançará nas mudanças nevrálgicas que devem acontecer.



NEIVA ESTEVES
Presidenta do SINDSEP de Quixadá e Região
"Os governos 
neoliberais sucatearam os aparelhos públicos 
em todos os âmbitos de governo e com isso tentaram 
esvaziar a capacidade dos poderes públicos em 
universalizar políticas sociais. 
O resultado foi um país marcado pela extrema 
concentração de renda e riqueza gerando 
exclusão social, pobreza e desigualdades nos municípios, quer seja na zona rural ou na zona urbana. No debate que estamos fazendo com enfoque sindical e classistas, abre-se um tempo de 
possibilidades com a necessidade revitalizante de um projeto democrático, com a derrota da 
lógica do Estado mínimo neoliberal."





Neiva Esteves acrescenta ainda que a observância dos/as gestores/as sobre a Plataforma Sindical colocará os radares da Administração Pública Municipal voltados para o horizonte da revolução do homem e da mulher num Mundo de relações cada vez mais amplas e ao mesmo tempo aproximadas em termos de ideais, numa espécie de cotidianidade universal.

O evento contou com a participação da Secretária de Finanças da FETAMCE Luciene de Oliveira Alves que enfatizou o crescimento da organização dos/as Municipais em todo o estado do Ceará e reafirmou que a FETAMCE contribui de forma contundente com esse debate convocar também a todos os/as candidatos/as do Ceará para assumir compromisso com a pauta dos trabalhadores/as. Ela lembrou ainda que no próximo dia 31 de Agosto, em Fortaleza, será realizada a III Marcha Estadual do Trabalho Decente onde espera-se um público superior a 5 mil trabalhadores/as.

Já Carmem Santiago disse que a CUT Ceará, em conformidade com as Resoluções da CUT Nacional, corrobora a defesa das diretrizes da Plataforma Sindical visto que com esse documento "objetiva-se a promoção de uma Sociedade com equilíbrio em termos de distribuição da renda e com a elevação da consciência política, da cidadania e de um município mais decente e mais democrático", pontua Carmem Santiago (Secretária de Administração e Finanças da CUT Ceará).



DIRETRIZES "ANTENADAS" E AGUERRIDAS MEDIANTE O DEBATE UNIVERSAL DOS CONFLITOS DA CONTEMPORANEIDADE






A retomada do papel ativo do Estado para a promoção do crescimento econômico, implica em reorientação da política econômica, das políticas sociais e na regulação pública do trabalho. Com isso, uma agenda de desenvolvimento, sob o ponto de vista dos/as trabalhadores/as, deve-se contemplar a estruturação do Serviço Público Municipal, a elevação dos rendimentos dos salários a democratização do Estado e da sociedade. Em um país com as dimensões do Brasil,  é imprescindível a incorporação da agenda dos/as Municipais nos planos de governos dos/as próximos/as gestores/as.

Maria das Graças Costa (Presidenta da CONFETAM) responsável pela apresentação da Plataforma dos/as Municipais em todo o Brasil, participou do lançamento da Plataforma do SINDSEP de Quixadá e Região. Ela, que também é Secretária Nacional de Relações do Trabalho da CUT, foi convidada para o evento sendo a responsável pela exposição das diretrizes do Documento. A Sindicalista asseverou que:


MARIA DAS GRAÇAS COSTA
Presidenta da CONFETAM
Secretária Nacional de Relações do Trabalho da CUT
"O Trabalho Decente no Serviço Público Municipal depende da existência de condicionalidades sustentáveis a exemplo da existência de um novo perfil de gestores/as e legisladores/as locais. Em todo Brasil temos reafirmado que um município decente perpassa, fundamentalmente, pela consideração do papel estratégico do/a servidor/a público/a municipal para a devida efetivação de direitos no âmbito do Serviço Público Municipal."






A Plataforma apresenta quatro Diretrizes estratégicas para a construção de um Município Decente: TRABALHO DECENTE NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL; TRANSPARÊNCIA E DEMOCRACIA PARTICIPATIVA NA GESTÃO LOCAL; POLÍTICAS PÚBLICAS SOCIAIS DE COMBATE À POBREZA MUNICIPAL E GESTÃO LOCAL PARA A SUSTENTABILIDADE.


ACESSE A PLATAFORMA NA ÍNTEGRA AQUI: 


QUEM ASSINOU CARTA DE COMPROMISSO COM OS/AS SERVIDORES/AS MUNICIPAIS

Após conhecerem todas as diretrizes devidamente explicitada por Maria das Graças Costa, os/as candidatos/as presentes foram convidados a assinarem Carta de Compromisso específica para Vereador/a e outra para Prefeito/a.

I - CANDIDATOS/A A VEREADOR/A QUE ASSINARAM A CARTA DE COMPROMISSO

QUIXADÁ
10 Candidatos/as do PT

05 Candidatos/as do PSC
03 Candidatos/as do PPS
01 Candidato/a do PTC
01 Candidato/a do PSDC
01 Candidato/a do PDT
01 Candidato/a do PRB


IBARETAMA
01 Candidato/a do PR
01 Candidato/a do PSD

IBICUITINGA
02 Candidatos/as do PT
02 Candidatos/as do PC do B



II - CANDIDATOS/A A PREFEITO/A QUE ASSINARAM A CARTA DE COMPROMISSO

QUIXADÁ
ILÁRIO MARQUES - PT


CHORÓ
JOSÉ ANTÔNIO RODRIGUES MENDES (DÉ) - PSD


IBICUITINGA
CLÁUDIO FALCÃO - PT




A convocação continua valendo: candidatos/as que ainda quiserem podem se comprometer com a categoria de Municipais pois encontra-se à disposição na Sede do SINDSEP a Carta de Compromisso para ser assinada.




_________________
SERVIÇO:
Sede do SINDSEP
Rua Benjamin Constant, 1007, bairro Alto São Francisco
Quixadá - Ceará
Fone/Fax: (88) 3412 2111
Email: sindsepdequixada@gmail.com







Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco