Professora Vilani fortalece a Agenda de Lutas dos Professores Municipais do Brasil

20/06/13
Professora Vilani fortalece a Agenda de Lutas dos Professores Municipais do Brasil

Foto: José Vital - TEIA DIGITAL
A presidenta da Confetam ressalta a luta da categoria na 1ª Conferência Nacional de Educação da CUT.


Acontece entre os dias 19 e 21 de junho de 2013, em São Paulo, a 1ª Conferência Nacional de Educação da CUT. Essa é uma excelente oportunidade da Classe Trabalhadora do Brasil apresentar as suas propostas num momento em que o Brasil inteiro realiza suas conferências municipais e estaduais, todas elas preparatórias para a 2ª Conferência Nacional da Educação (2ª CONAE), a ser realizada em Brasília, em fevereiro de 2014. A Confetam inscreveu 14 representantes. Temos representantes do Ceará, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.





Segundo a Professora Vilani que participa dessa conferência CUTista “a CONFETAM/CUT entende que ao discutir o papel da Educação no processo de desenvolvimento do Brasil, o Ramo dos Municipais assume grandes desafios advindos de cada município brasileiro, no sentido de que no atual contexto de desenvolvimento do país é preciso estar atento às diferentes visões/concepções educacionais em disputa na Sociedade Brasileira.”



Ainda de acordo com a líder dos Municipais do Brasil, a 2ª CONAE em 2014, é a grande oportunidade dos trabalhadores em Educação como os milhares de professores municipais da visão dessa classe sobre Educação ser colocada em foco. É desse modo, portanto, que se possibilitará aos trabalhadores e trabalhadoras se apropriarem de forma mais contundente da agenda que envolve o conjunto de temas relacionados ao Plano Nacional de Educação visando, portanto, potencializar a intervenção da CUT na defesa de um projeto educacional que interessa à Classe Trabalhadora.



É importante pontuar que a CONFETAM é uma entidade orgânica à CUT e desse modo a legítima representante do Ramo dos Municipais e que em sua grande maioria organiza os professores municipais de todo o Brasil. Acerca dessa grande representatividade que se expressa fortemente na participação da Professora Vilani e a delegação da CONFETAM/CUT na 1ª Conferência Nacional de Educação da CUT, enfatiza a Presidenta da CONFETAM que:



“Realizamos no final de maio de 2013, em Beberibe (CE) o 5º Congresso Nacional da CONFETAM em que trabalhadores municipais advindos de todos os estados do Brasil discutiram uma agenda do Ramo dos Municipais para o próximo período e que aglutina em seus mais debates a temática da Educação Brasileira. A nossa militância decidiu pautar mais veementemente a valorização profissional e, sobretudo, a política de formação inicial e continuada, pois isso deve se efetivar a partir de uma concepção político-pedagógica, ampla, que assegure a articulação teoria e prática num pacto federativo que contemple as reivindicações dos professores municipais brasileiros”, sentenciou Professora Vilani.

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco