SINDSEP ENTREVISTA Maria das Graças Costa. Leia a 1ª Parte agora!














A Entrevista foi realizada durante  a última reunião do Conselho Diretor do SINDSEP de Quixadá e Região, quando Graça Costa que além de Secretária Nacional de Relações do Trabalho da CUT também integra a Diretoria do Sindicato no cargo de Secretária da Mulher Trabalhadora, esteve presente, em dezembro de 2013.
Propomos a ela alguns temas de maior evidência em nível nacional com especial análise sobre a Conjuntura Municipal bem como acerca do trabalho que a Organização dos(as) Servidores(as) vem desenvolvendo no último período.




GRAÇA COSTA: 2013 foi um ano atípico para a Administração de Quixadá que, na troca de prefeito trouxe para nós servidores(as) novidades ruins onde se viu que em três meses de administração a Prefeitura de Quixadá ganhou as manchetes dos jornais com suspeitas de desvio de um volume muito alto de recursos públicos. O SINDSEP acompanhou de perto processos que há muito tempo não se via em Quixadá como transferências de servidores(as) sem justa causa e perseguição aos nossos companheiros e companheiras. 

Todas as lideranças indicadas para a Administração Municipal tiveram seus nomes de alguma forma ligados a atos de corrupção. É lamentável ver que em Quixadá, tanto trabalho da nossa organização para que esse município não chegasse ao nível de desorganização de outros municípios que conhecemos, tem sido desrespeitado. 




GRAÇA COSTA:Tivemos também nesse período que assistir à invasão da precarização em diversos serviços públicos como a Saúde de Quixadá. Benefícios e Direitos que passamos 25 anos pra conquistar nós vimos o risco de termos perdas históricas para toda a Sociedade quixdaense. Não apenas a categoria de servidores(as) municipais mas toda a população está com os serviços públicos ameaçados pela Terceirização. É uma constatação que nos causa espanto e tristeza.  

Eu fico imaginando, por exemplo, que uma pessoa da alta Sociedade quixadaense, como um empresário ou mesmo o próprio prefeito, durante a noite passe mal e precise de um atendimento de saúde de emergência: tem algum hospital particular que essas pessoas que tem dinheiro possam ir buscar esse tipo de ajuda? Não, não tem! Portanto, todas as classes sociais de Quixadá buscariam o atendimento de emergência do Hospital Eudásio Barroso. 

Diante desse quadro, nos fazemos mais perguntas: de que forma estão sendo tratados tanto os profissionais de Saúde, profissionais de outros serviços públicos e a própria população? É realmente uma situação gravíssima a qual estamos passando.





GRAÇA COSTA: Os problemas da cidade são expostos nas redes sociais mais parecendo um pingue-pongue com trocas de farpas, acusações e uso de palavras de baixo calão sendo que dessa forma ficamos cada vez mais distantes de responder às demandas que tanto a Categoria de Servidores(as) e a População estão a espera de resoluções pontuais.

Não podemos ficar escravo dessa avalanche de problemas. Atuando apenas como espectadores sem resolver os problemas da cidade.

Precisamos apurar os fatos, identificar os problemas, punir os responsáveis pelos desmandos e pelos desserviços e dessa forma reverter essa situação terrível para o Serviço Público.



GRAÇA COSTA: Ao lançarmos um olhar para o SINDSEP e a categoria vamos perceber que estamos firmes! O Sindicato está cada vez mais forte e nesse turbilhão de problemas estamos conseguindo RESISTIR e CONQUISTAR.

E 2014 será um ano muito importante para todos nós. Por várias razões:  é um ano de Copa do Mundo e de Processo Eleitoral. Vai ser curto pra tanta discussão e tarefas que temos a fazer. Mas queremos ganhar! Vamos sim transformar a pauta negativa em pauta mais que positiva!

Todas as resistências que foram feitas durante 2013 fazem com que se tenha uma base para se chegar em 2014 e saber que não seremos engolidos pelas circunstâncias mas que podemos transformá-las!

É preciso continuar resistindo, mobilizando e filiando! E no finalzinho de 2013, os nossos companheiros e companheiras Agentes Comunitários de Saúde que vieram se juntar ao SINDSEP filiando a categoria como um todo, deram uma demonstração de que estão no lugar certo que é o Sindicato, se organizando, participando ativamente e lutando por dias melhores.

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco