CUT 31 ANOS: hora de avançar no Projeto da Classe Trabalhadora



A CUT completa hoje 31 anos de História. A comemoração  aconteceu ontem, onde a Categoria de Servidores e Servidoras municipais de todo o Ceará marcou presença na comemoração. A representante dos/as Municipais Cearenses, Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal no Estado do Ceará (FETAMCE), cuja presidente, Enedina Soares, foi uma das personalidades que falou sobre a importância da CUT: “Nós, que fazemos o movimento sindical cutista, não ficamos em cima do muro. Vamos às ruas e damos a cara a tapas para defender os projetos da classe trabalhadora. É isso o que nos diferencia dos demais. O nosso interesse é sempre coletivo”, discursou.

A CUT Nacional esteve representada pela servidora pública municipal cearense Maria das Graças Costa que hoje é Secretária Nacional de Relações do Trabalho. Em seu discurso, a sindicalista foi enfática ao apontar o grande legado que a CUT, em seus 31 anos de fundação, deu à História do Povo Brasileiro:

"O grande feito da nossa ação CUTista em 31 anos de fundação foi e continua sendo determinante para a História da Sociedade Brasileira: a eleição do primeiro operário como Presidente do País. Mudou a vida de todo mundo. A imensa maioria reconheceu e por isso elegeu também a primeira mulher Presidenta do Brasil. São marcos grandiosos. E a concretização desses feitos só foi possível pela ação mobilizadora dos trabalhadores e das trabalhadoras CUTistas", reconheceu Graça Costa.



Durante a festa realizada pela CUT Ceará como uma das muitas comemorações pelo aniversário da Central, a História foi resgatada de forma visivel onde lideranças se posicionaram com cartazes que contam de fato o que tem sido o cotidiano de lutas da Central.

Em 2014, mais uma vez a CUT sai a frente e mobiliza esse país de proporções continentais através da sua militância. Estamos falando dos inúmeros comitês organizados pela CUT no Brasil que, de 28 de Agosto a 11 de Setembro, vão coletar votos dos brasileiros e brasileiras num plebiscito popular onde será apontada a vontade soberana do povo pela Reforma Política.


Novamente Graça Costa chama a atenção da militância para se manter permanentemente mobilizada nesse momento onde se vive mais um período de debate eleitoral. Segundo a sindicalista, são muitos os candidatos e candidatas a Presidente da República mas existem apenas dois projetos em disputa: "O Projeto Popular da Classe Trabalhadora que elegeu a primeira mulher Presidenta do Brasil (Dilma Rousseff) e o Projeto do Capitalismo selvagem e neoliberal que quer de forma indecente e usurpadora tomar impedir o projeto popular. Fiquemos atentos e atentas. Vamos de forma combativa dizer não ao projeto neoliberal e defender o Projeto da Classe Trabalhadora que tem dado dignidade ao povo do Brasil. Não vamos admitir retrocessos. É hora de avançar nas conquistas mas se o outro projeto do capitalismo ganhar até o que já conquistamos está ameaçado."


Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco

Graça Costa, do SINDSEP de Quixadá (CE), é eleita Secretária Nacional de Organização Sindical da CUT