A Secretária da Mulher Trabalhadora da FETAMCE vem da Regional Sertão Central: conheça SHEILA GONÇALVES


SHEILA GONÇALVES



A Regional Sertão Central da FETAMCE formada pelos municípios de Canindé, Caridade, Itapiúna, Madalena, Paramoti, Pedra Branca, Quixadá, Ibaretama, Choró, Ibicuitinga, Banabuiú, Quixeramobim e Senador Pompeu está muito bem representada na Executiva da Federação. É dessa Regional que vem a nova Secretária da Mulher Trabalhadora eleita no último congresso para o mandato de 2014 a 2017.

Sheila Gonçalves é natural de Quixadá, mãe de dois filhos e uma filha, Professora Pública Municipal efetiva e filiada ao SINDSEP de Quixadá e Região, Militante do Partido dos Trabalhadores, Professora Universitária (UECE), tem grande capacidade técnica com envolvimento histórico com o Cinema e Teatro e reconhecida eficiência como gestora das Políticas Públicas para as Mulheres.

Companheira Sheila, foi indicada pelo SINDSEP de Quixadá e Região para assumir a Coordenadoria de Mulheres da mesma cidade tendo em vista a sua profunda identificação com a pasta, foi responsável pela orientação político-técnica das ações governamentais no que tange ao Protagonismo das Mulheres e, especialmente, das Trabalhadoras.

Em seu primeiro mandato sindical na FETAMCE, ela leva para a Secretaria da Mulher trabalhadora da entidade estadual uma jornada muito bem sucedida de lutas e conquistas em defesa da cidadania da mulher, o que entre outras honrarias, permitiu que Quixadá recebesse por três vezes o Selo Pro-Equidade de Gênero do Governo Federal.

Ao assumir a pasta em nível estadual, Sheila Gonçalves expõe que a Secretaria da Mulher Trabalhadora da FETAMCE decide revitalizar, redirecionar e reconstruir os caminhos para a construção de uma Política Sindical de Gênero que imprima identidade, formação e protagonismo das mulheres trabalhadoras. E acrescenta:

"As profundas transformações ocorridas na sociedade pluralista em que se está inserido afeta multilateralmente homens e mulheres de maneiras diferentes, tendo em consideração os papéis sociais distintos de ambos fazendo frente às implicações no posicionamento político, econômico e cultural. As Relações de Gênero que constituem-se na construção cultural e social pela qual os indivíduos têm seus papéis distintos segundo seu sexo, implicando posições hierárquicas na sociedade, determinam-se a partir das variadas performances, supondo responsabilidades múltiplas, necessidades, possibilidades de acesso, controle dos recursos e na tomada de decisões. E todas essas relações e implicações precisam ser transformadas! A Secretaria da Mulher Trabalhadora da FETAMCE assume esse desafio."




Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco