Cristiano Goes lança obra sobre Equidade de Gênero em Quixadá


A experiência da Equidade de Gênero que teve sua discussão iniciada em Quixadá (CE) pela então Suplente do Comitê Mundial de Mulheres da Internacional dos Serviços Públicos, Graça Costa, teve seu ponto auto em 2006, quando foi publicada a primeira Lei da Equidade da América Latina.

De lá pra cá, a Academia brasileira tem se interessado em registrar essa verdadeira implantação da Cultura de Equidade de Gênero e Remuneração. Várias obras já foram publicadas acerca da temática.

Cristiano Goes (que foi gestor na administração do Partido dos Trabalhadores em Quixadá) escreveu em sua conclusão do Curso de Direito da Universidade de Fortaleza - UNIFOR a seguinte obra: A EQUIDADE DE GÊNERO E OS PAPÉIS DOS ENTES DA FEDERAÇÃO BRASILEIRA.

A publicação trata da referida temática do ponto de vista do ordenamento jurídico brasileiro. Um viés bem interessante e que mostra reflexões bem fundamentadas do autor cuja participação no desenvolvimento da política de gênero da Administração de Quixadá foi bem marcante.

A obra está disponível em Fortaleza (CE) na Biblioteca da UNFOR e, em Quixadá, no CEDOMS - Centro de Documentação da Memória Sindical, na Sede do SINDSEP de Quixadá e Região.




Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco