SINDSEP de Quixadá reúne lideranças para comemorar DIA DA MULHER QUIXADAENSE




As mulheres de Quixadá têm tradição na participação e lutas da cidade e do mundo.

Esta data, 17 de novembro, é o aniversário da escritora Rachel de Queiroz. Uma das principais representantes do Movimento Literário de 30 onde o Modernismo Brasileiro atingiu seu ápice na Sociedade Brasileira. Daí vem o seu caráter regionalista.


Por isso, temos a referência de que seu primeiro romance O QUINZE, escrito aos 20 anos de idade, seja a sua marca digital de grande IMORTAL que és.

Hoje ela faria 104 anos. Para homenageá-la, a Vereadora Edi Leal (PT-Quixadá) apresentou projeto de lei instituindo na data de nascimento de Rachel de Queiroz O DIA MUNICIPAL DA MULHER QUIXADAENSE.

Neste dia, o SINDSEP DE QUIXADÁ E REGIÃO reafirma o espírito de luta das mulheres que assim como Rachel no seu tempo, quebrou paradigmas ao entrar para a Academia Brasileira de Letras onde a presença feminina de forma inédita passou a ser uma voz diferente entre muitos Literatos.

Segundo Graça Costa (Secretária da Mulher Trabalhadora do SINDSEP)

"as mulheres quixadaenses desafiam o seu tempo e a conjuntura machista historicamente imposta a elas, e inauguraram também a quebra de muitos paradigmas permitindo entre muitas conquistas: Primeira Lei da Equidade de Gênero e Remuneração da América Latina; Comitê de Equidade de Gênero e Remuneração; Centro de Referência da Mulher e Coordenadoria Municipal de Mulheres."

Sheila Gonçalves (Secretária da Mulher Trabalhadora da FETAMCE), esteve presente no evento de mulheres realizado hoje no SINDSEP e citou que a mulher quixadaense tem muitas conquistas às custas de muita luta e que esse rol de conquistas é na verdade um processo de superação: 

"como fruto dessa sucessão de quebra de barreiras, o reconhecimento do Governo Federal através do Prêmio Pró-Equidade de Gênero, que Quixadá é um município estratégico para a promoção da cidadania da mulher, tendo em vista as muitas experiências locais com repercussão internacional. Hoje, a luta se dá para manter todas essas estruturas necessitando que a Administração Municipal entenda esse legado recente das mulheres de Quixadá. Legado esse que está em um estágio de muitas fragilidades."








Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco

Graça Costa, do SINDSEP de Quixadá (CE), é eleita Secretária Nacional de Organização Sindical da CUT