V Marcha do Trabalho da FETAMCE aumenta o Tom da Voz no Enfrentamento ao Golpe contra a Classe Trabalhadora



Foi realizada na manhã desta quinta (11/12) na capital cearense a V Marcha Estadual do Trabalho Decente da FETAMCE. 

Essa edição além de consolidar uma das maiores ações de mobilização da nossa Federação também chama a atenção da Sociedade cearense que, a exemplo do Brasil, vive uma conjuntura que prioriza ACABAR COM DOS DIREITOS TRABALHISTAS conquistados na luta.

Com o tema geral NÃO VÃO CALAR A NOSSA VOZ a Marcha da FETAMCE sobe o tom da denúncia em face de um acelerado processo de golpe contra o projeto popular defendido pela Classe Trabalhadora.

"Na verdade, estamos vivendo um tempo em nossos municípios que parece que todos os prefeitos resolveram em comum acordo ler a mesma cartilha que ensina como retirar direitos, como perseguir trabalhadores, como fazer desajustes na máquina, como precarizar e terceirizar serviços públicos. A Direção da FETAMCE foi muito feliz em realizar a V Marcha do Trabalho Decente nesse momento em que o Neoliberalismo fomentado e alimentado pela "direita" cerca a organização sindical e a as instituições públicas com armas terríveis para um golpe contra a Democracia nunca antes visto nesse país. " afirmou Neiva Esteves (Presidenta do SINDSEP de Quixadá e Região) que levou um ônibus cheio de trabalhadores e trabalhadoras para fortalezar a V Marcha.

O evento foi um grande sucesso pois atingiu seu objetivo de mobilizar a Sociedade, os executivos municipais, estadual e nacional, as instituições de fiscalização e o judiciário para o atendimento do direito ao trabalho e à justa remuneração, a formar e a filiar-se a sindicatos, a um nível de vida adequado, à terra e moradia, à educação, à previdência social, à saúde, à Comunicação.









Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco