No Senado Federal, Graça Costa pede o Enterro do PLC 30 da Terceirização Sem Limites







'Não cabe uma lei que venha precarizar todo o mercado de trabalho', diz Graça Costa no Senado Federal.

Durante a sessão temática para debater a terceirização (19/05), Maria das Graças Costa (Secretária de Relações do Trabalho da Central Única dos Trabalhadores (CUT), criticou Projeto de Lei da Câmara (PLC) 30/2015, que regulamenta e expande a terceirização no país. Em sua avaliação, liberar a terceirização das atividades-fim vai na contramão das conquistas sociais dos últimos anos.

— Nós entendemos que [neste] momento brasileiro de criação de empregos, de várias políticas sociais, onde estamos resolvendo mazelas históricas da população brasileira, não cabe uma lei que venha precarizar de forma absoluta todo o mercado de trabalho - disse a Secretária de Relações do Trabalho da CUT.

Maria das Graças apresentou dados sobre o que, segundo ela, reflete a realidade da terceirização no Brasil: De cada 10 trabalhadores que adoecem, disse ela, 8 são terceirizados; Quatro de cada cinco mortes registradas em serviço também ocorrem com trabalhadores nessa situação.

— Não vou nem falar da carga horária e dos salários menores que é um absurdo — destacou.

Ela parabenizou o posicionamento do presidente Renan Calheiros sobre o tema e elogiou o Senado por abrir espaço para os(as) trabalhadores(as) participarem do debate.


#Com informações da TV Senado.

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco