Países do Cone Sul conhecem a Experiência da primeira Plataforma EAD do Ramo dos Municipais


A bem sucedida experiência da primeira plataforma de Educação Sindical à Distância do Ramo dos Municipais do Brasil desenvolvida pelo SINDSEP de Quixadá e Região foi apresentada pela Secretária de Formação da entidade, professora Mestranda em Educação Sheila Gonçalves.

A troca de experiência que contou com lideranças dos países Chile, Paraguai, Uruguai e o Brasil que sediou o evento, aconteceu entre os dias 19 e 21 de Outubro. Com o tema "A LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA DE GÊNERO NO SERVIÇO PÚBLICO NO MARCO DA AGENDA SINDICAL DA ISP, o encontro contou com uma importante representação das mulheres sindicalistas brasileiras: das federações dos municipais: Fetamce, Fetam-RN e Fetam-SP. 

Várias lideranças brasileiras advindas dos estados do Ceará, Rio Grande  do Norte, São Paulo, Salvador, Pernambuco, Paraiba, Goiás também estiveram presentes e fortaleceram o debate.

De acordo com Sheila Gonçalves "a Formação Sindical tem aberto caminho para dimensionar as boas práticas de promoção da equidade de gênero bem como tem encontrado no diálogo com lideranças de diversas realidades, um conjunto de estratégias para continuar a luta em defesa de todas as mulheres, especialmente, as trabalhadoras."

A Sindicalista ainda pontuou que ao apresentar o programa de formação do SINDSEP, evidenciou-se a experiência das mulheres trabalhadoras do Ceará através da FETAMCE que tem feito um excelente trabalho. 

O SINDSEP de Quixadá e Região como uma entidade filiada à FETAMCE tem uma luta em defesa da equidade de gênero e remuneração que tem sido exemplo para o Mundo.

"A Academia de Líderes da FETAMCE e a Escola de Formação de Lideranças Sindicais (EFOLS) tem dimensionado em seus respectivos programas de formação temáticas de grande relevância para o empoderamento das mulheres e essa é uma alternativa que cada vez mais vem se consolidando com sucesso", sentenciou Sheila Gonçalves.







Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco