16 DIAS DE ATIVISMO: homens pelo fim da violência contra a Mulher



A violência contra a mulher é entendida como qualquer ato ou conduta, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto público como privado. Este tipo de violência já é reconhecido pela própria ONU – Organização das Nações Unidas – como um grave problema de saúde pública. 
Em nossa sociedade muita gente ainda acha que o melhor jeito de resolver um conflito é a violência e que os homens são mais fortes e superiores às mulheres. Embora muitas vezes o álcool, drogas ilegais e ciúmes sejam apontados como fatores que desencadeiam a violência contra a mulher.
A Campanha pelo Fim da Violência contra as Mulheres, é estratégica para construção de uma sociedade justa e igualitária.
A cada 1 hora , 5 mulheres são assassinadas no mundo.
52% das mulheres segundo a Organização Internacional do Trabalho já sofreram assédio sexual no trabalho.
Esse é SIM um problema nosso, dos sindicalistas e das políticas sindicais.
Os sindicatos , em especial os do setor público ,tem possibilidade de formar, transformar e dialogar com a sociedade.
A Internacional dos Serviços Públicos (ISP) lança em nível mundial a campanha onde homens se comprometem em Carta-Compromisso a realizarem ações de combate à violência contra a Mulher.
ASSISTA AO VÍDEO ONDE COMPANHEIROS CONVIDAM VOCÊ A PARTICIPAR DA CAMPANHA





Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco