GARIS FORAM HUMILHADOS E ENGANADOS PELA GESTÃO INTERINA DE QUIXADÁ



Os Garis de Quixadá, que mesmo sem ter salário no bolso e com suas famílias passando necessidades, deram um voto de confiança à gestão interina de Quixadá e voltaram a realizar a limpeza pública da cidade acreditando que hoje receberiam o pagamento. Mas isso não aconteceu.

Segundo Neiva Esteves (Presidenta do SINDSEP) que esteve até às 18h desta quarta (26/09) no Centro Administrativo, juntamente com os garis, esperando que o prefeito cumprisse com o acordo de transferir o salário atrasado para as contas dos trabalhadores, a gestão deu um chá de cadeira nos trabalhadores, no representante da empresa e nas diretoras do Sindicato.

Neiva procurou o Secretário de Finanças pra saber detalhes da transferência do dinheiro pra conta da empresa terceirizada a fim de que ela realizasse o pagamento dos garis mas ele demonstrou total indiferença, chegando a fazer deboche da triste situação dos garis ao colocar que "nem sabia que estava previsto esse pagamento para os garis hoje."

Como assim? E o termo extrajudicial assinado entre as partes se comprometendo em pagar o salario atrasado? A Prefeitura não deu nenhuma importância. 

Os garis saíram do Centro Administrativo humilhados, enganados, sem nenhum tostão no bolso. Ainda que a empresa tenha demonstrado interesse em que a Prefeitura pagasse ao menos o valor dos salários dos trabalhadores, mesmo assim, a gestão interina não esboçou valorização dos garis.

Por isso, NESTA QUINTA (27/09) OS GARIS VÃO PARALISAR AS ATIVIDADES NOVAMENTE até que a gestão os respeite e pague o salário atrasado. O lixo vai encher as ruas e a população infelizmente é quem vai perder.

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco