LIXO NA RUA: Gari, a culpa NÃO É SUA



Vítimas "PREDILETAS" da Terceirização na Administração Municipal de Quixadá, os Garis mais uma vez são desrespeitados e aviltados em seu direito à vida: SIM, PORQUE SALÁRIO É VIDA. E se o salário não está sendo pago em dia, não tem como comprar comida, pagar aluguel, água, luz e nem remédio. 

Como sempre, é o SINDSEP que está junto com os garis de Quixadá, buscando de todas as formas garantir que esses trabalhadores sejam respeitados. A população de Quixadá, por sua vez, precisa do excelente serviço desses bravos companheiros e companheiras para que a cidade esteja limpa.

A categoria se reuniu com a Presidenta do SINDSEP de Quixadá e Região na sede da entidade, para discutir esses problema bem como ouvir seus depoimentos de sofrimento mediante às necessidades básicas dos mesmos que não estão sendo supridas por falta de salário. Ao final do encontro, o SINDSEP ofereceu um almoço aos garis.


Na última paralisação que a categoria fez também por falta de salário, o SINDSEP interviu e conseguiu o pagamento do salário do mês de julho que foi pago no dia 6 de setembro.

O Prefeito interino de Quixadá, senhor João Paulo, se comprometeu em não deixar atrasar o salário do mês de agosto visto que eles recebiam até o dia 12 do mês subsequente. A administração não cumpriu haja vista que hoje é 21 de setembro. E o pior: não tem nem previsão.

Como são terceirizados, sabemos que a obrigação imediata de fazer o pagamento é da empresa contratada. Mas quando esta também não cumpre, a responsabilidade é claro recai sobre a contratante (Prefeitura) que tem obrigação de manter ativo o serviço de limpeza pública. Por isso, se os garis pararem, a culpa do lixo na rua não será  desses companheiros. 

Outro ponto grave que apuramos é que os garis são ameaçados a toda a hora de serem demitidos. Isso só porque estão reivindicando o pagamento de salário. Mas nos perguntemos: como trabalhar com fome? Como trabalhar deixando filhos em casa com fome? Não tem como, não é mesmo?

"Então, a categoria decidiu que se não receberem o pagamento do mês de agosto até amanhã vão paralisar as atividades de coleta do lixo. Infelizmente, a população também perde mas temos certeza que compreende o valor desses trabalhadores e o direito legítimo deles receberem seus salários. Salário é Alimento", sentencia Neiva Esteves (Presidenta do SINDSEP).

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco