SINDSEP SEMPRE ALERTA na Defesa dos Direitos das categorias vai à Luta e Prefeitura de Quixadá reconhece Acordo na Mesa de Negociação


Na manhã desta quarta, os servidores ativos inativos que percebem o Salário Mínimo bem como os Agentes de Combate às Endemias e Agentes Comunitários de Saúde se reuniram em assembleia para traçarem estratégia na busca da garantia de que os reajustes sejam respeitados pela Administração de Quixadá.

Os presentes deliberaram sair em caminhada até o Centro Administrativo objetivando defender a pauta das categorias contendo o ponto dos reajustes que foi entregue desde janeiro. Uma comissão, formada pela Presidenta do SINDSEP Neiva Esteves e representantes das categorias, se reuniu com a Procuradoria do Município e o Secretário de Administração.

Ficou acertado que a diferença do reajuste do piso dos ACE e ACS de janeiro será paga nos próximos dias em folha suplementar. Já a diferença de fevereiro será paga na folha de março que deverá vir com o piso já atualizado.

Aquelas categorias que recebem salário mínimo terão seus salários reajustados na folha de março acompanhado do pagamento das Diferenças de janeiro e fevereiro.

Na ocasião, o Secretário de Administração Rodrigo, pediu desculpa pelo impasse no descumprimento dos reajustes e retroativos que deveriam ter acontecido na folha de fevereiro, mas que por uma falha técnica não aconteceu conforme o acordado. Por isso, que rapidamente o SINDSEP se manifestou pedindo uma posição da Administração corrigindo essa falha.

Importante destacar também que hoje foi enviado pelo prefeito à Câmara Municipal o projeto de lei reajustando o piso dos professores em 4.17%. O projeto será votado nesta quinta (14/03) e implementado na folha de pagamento de março retroativo a janeiro e fevereiro.

O SINDSEP e a gestão assumem acordo de continuar dialogando e negociando a pauta de reivindicações do sindicato, com o intuito de valorizar os servidores e a melhoria dos serviços públicos prestados.

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco