Em Ibaretama, fecha-se o ciclo de debates sobre Serviço Público Municipal X Crise Econômica Internacional

Foram quatro grandes assembleias municipais em uma semana. Na pauta, direitos trabalhistas, planos de carreiras e processos na Justiça. O diferencial foi a inclusão da Análise de Conjuntura Internacional, Nacional e Municipal. Em tempos de crise econômica é importante que a Classe Trabalhadora esteja atenta, instruída e politizada a fim de dar as respostas certas em termo oportuno.





Para essa tarefa, contou-se com a preleção da Historiadora e Especialista em Democracia Participativa, República e Movimentos Sociais (UFMG) Maria das Graças Costa que durante as assembleias levou a todas e a todos a refletirem sobre o projeto dos/as Municipais do Brasil em meio a uma crise grave do capitalismo internacional.


Graça Costa expôs que o Brasil está preparado para o enfrentamento a Crise. Tanto que, segundo os especialistas da área econômica informam, numa escala de países que oscilaram negativamente com a crise, o Brasil é o único que se mantém na posição de solidez.. Para chegar a esse nível, o Brasil desenvolveu uma metodologia infalível: Desenvolvimento X Distribuição de Renda. Isso nos leva então a um Brasil Sustentável.

FONTE: EUROSTAT E FMI

Ainda de acordo com Graça Costa, nesse cenário, o Brasil está como referência no sentido de que é um país que conseguiu manter o processo do Crescimento. Ela aponta nesse conjunto de referenciais dois importantes elementos relacionados aos/às trabalhadores/as e que leva o Brasil a ser destaque: 

1 - MOBILIZAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA

2 - PROTAGONISMO DOS/AS SERVIDORES/AS PÚBLICOS/AS RESPONSÁVEIS DIRETOS PELA APLICAÇÃO DOS PROGRAMAS DO GOVERNO FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL


IBARETAMA AINDA NÃO ACOMPANHA O RITMO 
DE CRESCIMENTO DO BRASIL

O desafio está justamente nessa linha de transmissão das ações do Serviço Público: fazer com que o crescimento em nível nacional seja vivenciado por cada homem e mulher em seu município. Graça Costa constata, por exemplo, que o Município de Ibaretama amarga o sexto lugar de município mais pobre do Brasil.

Durante a exposição conjuntural na Assembleia em Ibaretama, alguns servidores se pronunciaram no sentido de que a Saúde e a Administração precisa oferecer melhores Condições de Trabalho e de Remuneração para a Categoria. Neiva Esteves (Presidenta do SINDSEP) informou que está pautado na Agenda de Lutas do Sindicato a construção dos PCCS da Saúde e da Administração. Ela acrescentou ainda de que a semelhança do PCR do Magistério a luta pela implantação desses PCCS requer envolvimento de todos e todas no sentido de intensificar as ações a fim de que essa conquista seja real o mais rápido possível.

Neiva salientou que mesmo quando se implanta um Plano de Carreira a vigilância do SINDSEP redobra pois o desafio de implementar direitos garantidos pelo plano é uma constante tendo em vista que o/a gestor/a muitas vezes não implanta todas conquistas garantidas em lei. Por exemplo, em Ibaretama, mesmo com todos os reajustes, ainda não se tem o Piso do Magistério pago no percentual do Reajuste que a Lei Nacional exige para 2012.

Outro ponto muito importante levantado pelos/as servidores/as de Ibaretama diz respeito aos Processos na Justiça. A Presidenta do SINDSEP informou que a Secretaria de Assuntos Jurídicos da entidade mantém um quadro atualizados dos processos que a Assessoria Jurídica impetra na Justiça. Com relação aos processos de 2008, Neiva informou que estes estão tramitando, alguns já foram conclusos, outros aguardam marcação de audiências e acrescentou que os servidores podem ficar tranquilos que eles serão avisados sobre a movimentação de seus processos.

Está sendo preparada uma matéria especial sobre o grande volume de processos que o SINDSEP já entrou na Justiça e que resultam em vitórias importantes para os servidores, inclusive, colocando quantidade considerável de dinheiro no bolso do/a servidor/a.

Finalizando a Assembleia, Neiva agradeceu a todos e a odas pela expressiva votação dos/as filiados/as na Eleição do Sindicato e que o avanço da organização do Sindicato e Ibaretama depende tão somente do empenho de todas as categorias na defesa de seus direitos.

Postagens mais visitadas deste blog

Janeiro Branco